sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Feito abraço


Esta aí uma imagem que quer dizer muito para mim:
as palavras, muitas vezes, me abraçam, me confortam, me dão colo... são verdadeiros oásis em horas de seca extrema! Podem vir da boca amada, da boca amiga, do livro devorado, do acaso. Podem nos machucar também, mas prefiro as que me amam...essas guardo com carinho, como um gole d'agua fresca quando a sede é muita. Ficam guardadas ali, bem perto, para poder escutá-las sempre que necessário.

3 comentários:

  1. Imaginei que um blog seu, para soltar o verbo, seria otimo, mas voce realmente superou todas as minhas expectativas!!!Ja estás demorando para investir num livro!!!Voce é poesia pura!!!

    ResponderExcluir
  2. fiquei com inveja das "palavras"...

    ResponderExcluir
  3. Joyce, voce sabe que se precisar de um abraço é só atravessar a rua. Amigos estão sempre com um chazinho pronto.... mesmo que não tomem chá..kkkkk

    ResponderExcluir