quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Dentro de mim

Ultimamente tenho a nítida impressão de ter em mim duas pessoas. Como se despertasse dentro de mim, minha alma, e ela tivesse vida própria, independente. Uma , mortal, corre atrás do que tem que ser feito, cumpre as tarefas da vida mundana de um modo previsível, por vezes - muitas vezes - enfadonho. Mas até disso tira proveito para ser feliz. Outra, volátil, se arrasta deliciosamente devagar, respira o prana da vida de forma suave, anda com os pés na areia morna da praia, e deixa , sem medo, seus pensamentos viajarem além mar. Somos duas, por hora conflitantes, mas cada vez mais próximas e amigas. Espero o dia que andem de mãos dadas, que conversem sobre a vida, que se sintam felizes juntas. Espero, sem ansiedade, que sejam uma só dentro de mim. E, principalmente, que escrevam juntas.
Para elas, o sossego. Para mim, o paraíso.

2 comentários:

  1. Acho que voce errou as contas. Não és só 2 em uma. És uma mulher de mil facetas, todas belas, inteligentes, vivas, e supreendentemente integradas. Nisso está o teu mistério, teu diferencial, neste mundo de mulheres sempre tão iguais!

    ResponderExcluir
  2. Imagens e texto maravilhosos! parabens!

    ResponderExcluir