terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Puro deleite

Ontem passei o dia todo me "saciando" com a grande polêmica levantada pelo meu post Clareando as idéias. Nele, falei de uns toques que recebi de um grande amigo - que foram ótimos - e , ou mas, que levantaram exclamações de todos os tipos, tanto ou até mais inspiradoras que o próprio texto, que o próprio assunto. Isso tudo, essa manifestação de pura energia, deixou-me inspirada e tranquila, satisfeita mesmo, num dia que parecia fadado a grandes introspecções, a grandes questionamentos. Desfrutei - e ainda desfruto - de um prazer ímpar do poder das palavras, do jogo delas, de como podem, simples jogos de letras, nos pesar ou colocar para cima.
Simples palavras. E me pego pensando que , sim, está certísimo o nome que dei a esse blog. Porque só as palavras - e quem me dera acompanhadas de um intenso olhar - tem esse poder. E que poder!
Sou mesmo, insaciável quanto a isso, e mais uma vez me refiro ao poeta Pessoa:
"Gosto de dizer. Direi melhor: gosto de palavrar. As palavras são para mim corpos tocáveis, sereias visíveis, sensualidades incorporadas. .... Estremeço se dizem bem".

9 comentários:

  1. Bom dia, lindos olhos do mar! Fico feliz em saber que as nossas palavras, reles mortais, te trazem esta luz. Mas ainda muito pouca luz, perto do calor diário das tuas palavras. Nelas estás, e em nossas mentes penetras feito o sol, e nos aqueces.Bjs

    ResponderExcluir
  2. Se tiveres sede , conte com meus humores. Pois, quando estou com frio , conto com as suas simples palavras.
    Beijos do norte.

    ResponderExcluir
  3. Reli os comentários de ontem e só uma coisa ficou clara: todos somos unânimes em dizer - e achar - que você é uma mulher muito especial, única mesmo. E sorte, muita sorte mesmo, daquele que tiver a chance de conviver com voce. E , me dói dizer por pura inveja, daquele a quem te entregas, de corpo e alma...

    ResponderExcluir
  4. sentir o poder tranquilo e profundo das esmeraldas ... nos faz insaciáveis da paz depois da tempestade ... céu estrelado e mar tranquilo até onde se vÊ ... bjs

    ResponderExcluir
  5. Cheguei tarde hoje, ja disseram quase tudo... e, sim concordo, sortudo daquele que a tem. Invejo também ao saber - imaginar - que as palavras também são direcionadas a alguém, que não eu...

    ResponderExcluir
  6. E essa cara de sapeca da imagem..ai!

    ResponderExcluir
  7. Menina, o que que é isso? Inveja tenho eu dos comentários deles sobre voce. Poder, hein, amiga!!!!

    ResponderExcluir
  8. Estava fora, volto e leio tudo isso! Textos cada vez mais densos, voce cada vez mais intensa neles. Tuas palavras cada vez mais bem colocadas, mais claras, mais poéticas, mais verdadeiras. Onde isso vai parar? Não me admira que tenhas tantos "admiradores" ...e eu me incluo nisso!Bjs

    ResponderExcluir
  9. Ai,ai, ai, e esse olhão verde ...saudades de ve-los , assim, mais brilhantes que nunca, mais intensos ainda que as simples palavras...

    ResponderExcluir