terça-feira, 31 de março de 2009

Efeito rosa

Crises, todos temos. A vida atribulada, a correria atrás de se ter mais, de se ser mais , as coisas que, achamos, não estão dando certo. O dia-a-dia vira uma batalha e nos, se não atentos a estas armadilhas, sucumbimos. A mim parece que uma coisa puxa a outra, sejam elas felizes ou nem tanto.
Então por que sintonizamos com as coisas não tão certas, não tão positivas?
Mas ate isso tem um lado positivo. Na dita crise, a ajuda interessada do outro. O saber-se amada de verdade - aqui num sentido amplo, de interesse, de afeto, de querer bem. Saber-se parte integrante e importante do outro. Basta uma palavra bendita, delicada, precisa, tocante e, aliviados, reavaliamos a situação, que agora nos parece mais leve. Pego-me pensando para que tanto dito estresse, palavra irritante da moda, para que tanta amargura, tanta ruga na testa, tanto mal sentir. Para que deixar-se consumir por coisas tão pequenas se a Vida, ela sim sabia e tão intensa, nos da tantas chances de ser feliz? Se nos deixarmos levar, se estivermos abertos a tal, ela mesma, a nossa Vida , se encarregara de nos fazer trilhar caminhos melhores, mais doces, mais perfumados. Mais frescos. A Vida nos entrega todos os dias uma bela rosa. Ao abrirmos os olhos, ali ela esta, esperando ser tocada e cuidada. Ali ela esta , com seu perfume único, seu frescor. Nosso presente diário, a ser cuidado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário