domingo, 29 de março de 2009

Outono

Ah, o Outono...tapetes de folhas de furta cor em meu caminho...confete de flores cheirosas em minha cabeça... cheiro morno de conforto, entre musgo e flor....Ah, o Outono... profusão de cores e perfumes, de calores e sentidos, de caminhos e destinos.
Dizem no Yoga que é tempo de preparação para o Inverno, que se diz rigoroso. Pede um pouco de introspecção, de preparação, alimentação de raízes para dar firmeza de pensamento e de propósitos, hoje muitos. Sigo as regras, as que me deixam satisfeitas, as que acredito, as que se fazem necessárias em mim. Caminho pela vida atenta às suas mudanças. A natureza é sábia e tem muitos ensinamentos, que sigo. Hora de soltar as folhas, ela diz, de se livrar dos pesos e das amarras. De liberar excessos. Hora de enxergar e fortalecer a essência. De se estar firme e forte para aguentar as intempéries da vida. Aguentar invernos, tempos de espera. Sigo a Vida, hoje e sempre, sempre sábia Vida. Ela me ama e se traduz em mim. E eu nela , em quem confio.
Ah, o Outono...sigo feliz meu caminho de flores e folhas, os caminhos que a Vida tem para mim!

Um comentário:

  1. furta cor??!!!
    e eu que pensava que era fruta cor...
    também não me condene por não saber... afinal,frutas têm de todas as cores....do branco ao preto(prefiro as vermelhinhas ehheheh)
    blog de Joyce também é cultura!
    bj da não tão anônima assim,
    Meg

    ResponderExcluir