segunda-feira, 13 de abril de 2009

Generosa


Um bom filme, provar um doce, tomar um café com um amigo, rir por qualquer coisa, fazer amigos, caminhar no sol, um banho morno, o cheiro de creme na pele, massagem nos pés do filho, carinho no cachorro, um olhar maroto, um beijo não esperado. São tantas as oportunidades, infinitas até, no dia-a-dia para ser feliz, e tão mal aproveitadas! Esteja atenta, dizia a mim mesma, quando o humor veio meio fechado. Esteja atenta. Esteja ali, presença e pensamento. Viva esse Presente!
Olhar a Vida com bons olhos. Melhor: gozar a Vida. Senti-la vibrante dentro de mim, se possível o tempo todo. Sentir-me pulsante, viva, atenta e entregue a estes tantos prazeres que a Vida me dá. E ela me dá tantos, tão lindos e tão intensos, que por vezes choro. Impossível descrever como e quando: estão nos pequeninos detalhes, imperceptíveis aos olhos tristes. Abro-me à Vida para recebê-la. Sirvo-me dela, feito banquete. Devoro-a, com gula. Penso que vive mais quem se diverte com a Vida, quem a escuta e a segue, sabedoria plena. Quem a recebe de sorriso largo e brilho nos olhos.
Quem a recebe de coração aberto e pronto para se deixar levar.
Tanta coisa já foi dita sobre isso, tanto verso e tanta prosa, tantos ensinamentos e pensamentos. Gosto particularmente de um, do querido Mário Quintana que, imagino, conversava com a vida entre goles de chimarrão, não pela intensidade e sim pela simplicidade, onde diz:
"Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples; você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade."
Viva a Vida! Esteja atenta !
E a Vida, sempre generosa, vai te dar o que tem de melhor...

Um comentário:

  1. Bom dia , minha linda! Lindo texto, como sempre. Isso é o que nos fazes sempre aqui: ver felicidade nas pequenas coisas. Por isso te amo!Beijos mineiros!

    ResponderExcluir