sexta-feira, 19 de junho de 2009

Semear

Se você quer ficar de mal com tudo, ligue a TV. Alimente-se dessa falta de criatividade e de tato que é essa máquina de tristezas. Mesmo sob o disfarce dos apresentadores, treinados para nos enganar, as notícias saem falsas, saem ruins. São ruins. Mesmo que no meio de tanta miséria humana, este rosário de infelicidades que teimamos em seguir, eles venham a sorrir para contar uma pequena noticia dita boa, o saldo sempre é negativo. Não gosto, e muito recebo de crítica por causa disso.
Não que não me interesse pelo que passa no mundo, longe disso. Mas briga de trânsito virar notícia no horário nobre e nos famigerados programinhas matinais, ai já é demais. Não me cabe. Aos errados, a celebridade. Aos necessitados, a exclusão. São tantas e tantas outras violências mascaradas pelo dia a dia, que se teima em não ver...
Prefiro rir de um tal presidente que mata uma mosca em plena entrevista. Parece mais sadio. Até mais sábio, se souberem disso tirar partido. Dá uma bela metáfora. Melhor das do outro que faz comédia do que é sério, que se vangloria das suas, sempre pobres.
Acredito na ideia das energias em volta de mim. Se libero as boas, elas circulam melhor. Refrescam minha mente e minha vida ao redor. Se sopro as ruins, enforcam-me, tiram-me o ar. Romântica? Pode ser. Infantil? Sempre, louvado seja. Sonhadora? Claro, senão não escreveria em simples palavras. E feliz, muito feliz, mesmo quando não deveria. Já dizem por ai: se rindo já é complicado, imagine chorando, resmungando, amaldiçoando. Entristecendo.
Prefiro sentir a criança que existe em mim e espalhar gomos de alegria, feito quando era pequena e soprava paraquedas de sementes. Para onde iriam, pouca diferença. Importante era a beleza do ato, as sementes ao vento, o danças rumo ao futuro. Importante era - é - o bom semear.


2 comentários:

  1. Tive sindrome de abstinencia, ja curada pelas tuas deliciosas batalhas.A Tv e o mundo te entristecem pela tua total sensibilidade a flor da pele. Com ja dissestes, flores brotam de teus poros.Em redoma eu te colocaria, alimentando- te tão somente de amor.

    ResponderExcluir
  2. Já faz um tempo que não tenho o hábito de assistir TV.Por ex. fiquei sabendo da tsunames 4 dias depois... Mas confesso: sou viciada em leitura. E isso tenho através dos livros e da internet, sem a qual é muito dificil viver...

    ResponderExcluir