sexta-feira, 24 de julho de 2009

Contagiante


Tenho verdadeira cisma com algumas naturalidades nacionais. Não invejem os demais, mas tenho verdadeira adoração por mineiros e baianos. Algo neles me atrai. Com mineiro, paixão de anos, que já foi até tema por aqui, a conversa franca que começa mansa e logo se está completamente envolvido pela empatia. A fala sem pressa, a conversa sempre interessante.
Com baianos - e aqui me refiro às baianas em especial, deve ser a simpatia e a "cara de pau". Se sou "pau de enchete" - como eu mesma me intitulei outro dia - elas são enchente de paus! Não só vão parando e enganchando aqui e ali, como nos invadem com sua alegria, contagiam -nos com seu sorriso e espontaneidade.
Maria é um caso destes, torrente de paus que passou pela minha vida hoje e me marcou - não sei se para sempre, mas por uns bons tempos. Veio de rompante, puxou conversa, foi , voltou e fez de meu dia um agito só. Um tsunami em forma de pessoa! Senti como se eu, que por vezes me acho uma enchente, comparada a ela, fosse uma garoa, dessas que nem molha. Arrasou. Não deixou pedra sobre pedra. Fez meu dia valer. Fez-me ver que viver vale a pena.
E que sorriso é contagiante.

3 comentários:

  1. Bom dia, minha linda! Aguardava ansioso tuas palavras para começar bem o meu. És a minha Maria, e muito mais que isso! E pensa que tsunamis vem e arrasam. A tua "garoa" diária nos mata a sede, encharca com tua doçura e alegria, nos invade o dia!

    ResponderExcluir
  2. Quem te conhece sabe o quanto és arrasadora com tua alegria e sabedoria, tendo sempre um sorriso nos lábios! Tu és a nossa Maria! beijos!

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosa...
    De onde surgiu essa baiana?
    Quem não gostaria de se cruzar e conhecer uma pessoa assim tão cheia de vida?
    Bj,MEG

    ResponderExcluir