quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Mergulho


Tanta gente falando mal da Internet, dos amigos virtuais, do dito alienamento em relação aos amigos ditos reais. Parece uma pandêmia (nova moda...): jornais, revistas, TVs, todos falando a mesma coisa. Uns criticando, outros defendendo. Acho que quem critica não tem - ou não fez - bom uso disso.
Não vejo muita diferença. Ou vejo: os amigos virtuais estão, sempre, mais disponíveis para conversar, ouvir desabafos. Mandam flores, lindas, todas as manhãs. Mandam recados que me fazem feliz. Deixam bilhetes no MSN. Sorrisos no Orkut.
Bato com eles "altos papos", seja de forma instantânea ou em forma de mensagens. Faço deles meu mergulho na vida, minha terapia diária. Não me julgam, não me recriminam, muitos dão conselhos, perguntam se estou bem. E eu a eles. Uma troca, uma bela troca. Não tenho muitos, ficam ali só os especiais. Somos todos, sim, carentes. Mergulhadores de um novo tempo. Exploradores de muitos mundos. Mundos que podem ser virtuais, mas meu carinho,
ah, esse é bem real...

Nenhum comentário:

Postar um comentário