domingo, 29 de novembro de 2009

Novo


Domingo, sol lindo, milagre. E eu esperando, ansiosa, por um curso de roteiro de cinema, com Tabajara Ruas (teve um dedinho dele na maravilhosa minisérie A Casa das Sete Mulheres). Um misto de expectativa e timidez.
Sim, timidez. Sou, tenho. Mas gostei da forma nada tímida que consegui esse curso. Essa sou eu, a que corre atrás. Esta tenho sido eu, de novo. Parece besteira , mas a cada coisa que quero e consigo, sinto-me melhor. Um curso, uma viagem, uma superação qualquer. As ideias que corro atrás. Só pelo batalhar já me sinto bem. São indícios de que os tempos de engessamento estão ficando para trás. Indícios de que a casca que deixei crescer em mim está caindo. E depois dela, eu, "verde", pronta para me reconstruir.
Domingo, sol lindo, e eu feliz pro passar um dia todo dentro de uma sala fechada. Quebrar paradigmas. E, quem sabe, encher uma gaveta antes vazia - ou cheia de papéis embolorados - de meu cérebro com coisas novas. Quem sabe absurdamente novas.
Quem sabe um renascer?

Nenhum comentário:

Postar um comentário