domingo, 1 de novembro de 2009

Redescoberta




Só quem é mulher sabe a necessidade que temos de nos sentirmos bonitas. Sem isso, nem vontade temos de sair de casa. Não que precisamos ser belíssimas, mas pelo menos achar em nós algo de interessante. Precisamos nos ver como mulheres. Ver algo que nos faça ir em frente. Um olhar, um colo, uma boca, olhos, sorriso. Algo que nos destaque no mundo. Algo que nos defina, por mais que não achemos nada de interessante em nós. Não deixar de vestir algo porque nossas pernas não são de anas ou de ivetes. Ou não nos maquilarmos porque nossa boca não é Julie. Ou que vestidos são só para mulheres perfeitas. E decotes para as mais avantajadas. E há quem esconda os pés em sapatos fechados.
Eu mesma já passei por isso. Hoje retomo meu caminho e aceito meu lado feminino. Vejo em mim fragmentos do que sou. Boto um vestido e um bom salto, maquio meus olhos e boca. Olho no espelho e me gosto como sou.
Nem deusa, nem princesa, nem miss.
Eu, apenas. Eu, mulher.

Nenhum comentário:

Postar um comentário