sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Modernidade


Ontem choveu. Chuva normal e chuva de amigos. Talvez seja só no aniversário que a gente tenha a plena noção do quanto somos queridos. E o quanto esse mundo virtual é, sim, uma segunda vida para nós.

Choveram amigos. Por e-mail, MSN, Facebook, Orkut. Uns me acharam na vida, celular em punho. Outros no conforto de minha casa, pelo telefone normal. Perdi a conta de quantos, amigos e recados. De quantos presentes virtuais e reais. E ainda virão os retardatários, que alegrarão minha vida quando eu menos esperar.

Fico aqui pensando como sobrevivemos sem toda essa tecnologia. E vou mais longe: sem os amigos a nos levantar. Uns me fizeram rir, outros até chorar. Mas todos fizeram-me ver que estou no caminho certo. Dou a eles meu melhor sorriso, minha réstia de paz. Mando a todos meu carinho diário e os amo, desse jeito moderno de amar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário