terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Feliz Ano Novo!



Amarelo e dourado para prosperidade, laranja para saúde (não era o verde?) e sabedoria, vermelho ou rosa para o amor, branco para a tão esperada paz. Pular 7 ondas, comer lentilha, pedir a benção de Iemanjá.
Tanta coisa fazemos na virada do ano. E sempre com aquela sensação de que estamos esquecendo de algo. Mais um ano passou, e o que fizemos dele?
O último dia do ano deveria ser de pura reflexão. Um estar quieto consigo mesmo. Um revisão do que foi feito, um lembrar do que não o foi . Hora de pesar prós e contras. E, óbvio, de tantas novas promessas. Por vezes, um enganar.
Prefiro não me ater a isso. Já fiz minhas listas - sempre elas ! - e as perdi no meio o caminho. Ou mudei tantas vezes de ideia que nem sei. E quantas vezes me peguei triste, no último dia do ano, por não ter me cuidado, ou não ter estudado, ou não ter (me) amado como havia prometido. Tantas palavras vãs...
A sabedoria trouxe novidades em mim. Nada de promessas de final de ano. Nada de tristezas pelo que não alcancei. Vou é agradecer. Por mais 365 chances de ter sido feliz. Por um ter vivido como quis. Pelo caminho que trilhei, pelas escolhas que fiz. Pelo saber que vivi.
Espero meu ano novo bem colorido. Meu arco íris de me amar. Sabedoria, saúde, amor e paz? Isso vou ter se correr atrás...
(Texto escrito antes do final do ano. Mas como fui parar num fim de mundo sem internet - é isso existe! - posto hoje meu texto do dia 31. E, sim, cumpri a promessa: não pulei as ondas, não presenteei Iemanjá, não comi lentilha. Nem fiz promessas vãs. Só a de ser guerreria e lutar por mim mesma. E por um mundo melhor...)

3 comentários:

  1. É isso aí minha querida! nada de promessas vãs e compromissos vazios... agradecer simplesmente pela vida tão preciosa à qual só damos valor na iminência da perda, as experiências vividas por nós na condução livre de nossas vidas que tantos ainda não têm, agradecer sempre e cada vez mais por não fazermos parte destas estatísticas catastróficas que presenciamos... Refletir sobre tudo... Amar e progredir...
    Reclamar jamais!!
    Este será um ano maravilhoso! Tanto mais quanto consciência tivermos...
    Viver é preciso...
    Amar é preciso...
    Amar o viver,
    Viver o amor,
    Isso é preciso...
    A frustração, a dor,
    Um dia não mais será preciso...

    ResponderExcluir
  2. Além de maravilhosa achei alegre! Jovial! Ma

    ResponderExcluir