segunda-feira, 26 de abril de 2010

Força feminina


Muitas vezes acho graça de até onde vai minha cabeça. Pego um assunto e dele me vem tanta coisa, tanta ideia para textos e para a vida e tudo o mais, que me perco no mundo cibernético. E no meu. Por vezes acabamos por nem lembrar mais o que estávamos procurando. Descubro ser meu cérebro uma outra via dentre tantas, meu Web interior...Enfim, deixa eu retomar o texto antes que me perca...(suspiro)
Lembrei, numa destas "viagens", da frase de Clarice Lispector: "Tenho fases como a Lua". Isso porque estava revendo assuntos como o Feng Shui, da qual já fui uma estudiosa até descobrir que estava dentro de mim a capacidade -ou não - de fazer as coisas acontecerem. Mas sinto que está na hora de me retomar. Fortalecer meus eus. Redescobrir-me. Respiro fundo...é melhor voltar ao texto... parece "síndrome de segunda-feira", mas ai já é outra conversa.
A Lua. Pouco nos damos conta e tanto nos influencia. Tanta coisa a nos ensinar. Lua Crescente, como o nome diz, as coisas crescem, evoluem - nem que sejam quilos na balança. Pêlos crescem mais se você os apara nesta lua- e ai não adianta reclamar da depiladora! Crescem ideias, também, vontades e tudo o mais. Desejos, sonhos. Nessa fase estamos "podendo". Bom para quem e o que se tem pressa. E quando ela chega no seu auge, então dita Cheia, hora de colher - frutos, ervas, propostas plantadas. Hora de fartura, proposta ou sonhada. Mas como a Lua , como mãe que é, é generosa, hora de semear coisas novas também.
Então a Lua se cansa e começa a minguar. Hora perfeita para podas e cortes, das coisas que não mais queremos ou daquelas que precisamos"arredondar". Mas não para cabelos - agora entenda isso! Hora boa para adubar, forçar a barra, lutar por algo, puxar aquela conversinha chata e difícil. Enfim, limpar as gavetas do armário e da vida e se preparar para o melhor. Preparar-se para o novo - ou Lua Nova ( que nunca entendi , desde pequena, porque se esconde!). Nela, as plantas ficam mais sensíveis - imaginem nós. Bom para cortar cabelo se não quisermos que cresça rápido. Vêm mais lentos, mas mais fortes. Bom para acertar arestas da vida. Bom para conversas definitivas. Os resultados podem até demorar mais, mas vêm mais densos.
A Lua...tão distante e tão importante , bem além de um simples iluminar. Se estivéssemos atentos aos ensinamentos da mãe natureza, as coisas poderiam ser mais fáceis. Ou iguais, mas nós mais preparados, mais compreensíveis com nós mesmos. Aceitaríamos mais nossas derrotas e nossas preguiças, quiçá nossas tristezas. Como fêmea que é, a Lua tem suas fases. Bem o sei. Acho que vou juntar a minha força de fêmea com a dela...

Nenhum comentário:

Postar um comentário