domingo, 2 de maio de 2010

Amor


Bastou o Ministro da Saúde falar e aprovar em cadeia nacional o efeito do sexo para amenizar a pressão alta - e tantas outras doenças - e o assunto virou polêmica. Ou não, porque, imagino, só as falsas beatas não saibam - ou não assumem por serem mal amadas ou não se amar como deviam - de seu poder sobre nós. Mas não é o ato em sí, mas o que ele traz junto dele. Sexo pede relacionamento, entrosamento, despojamento.
E ninguém, em sã consciência, não gostaria de ter isso. Espero.
Sexo pede carinho, que tem que começar logo cedo. Melhor ainda, estar presente sempre. Demonstra importância pela pessoa, não só pelo ato em sí. Sexo pede entrosamento, que vem da vontade de estar com o outro a qualquer hora do dia, roubando um beijo com um simples olhar. Pede interesse pelo que ele pensa ou faz. Sexo pede uma vida plenamente vivida a dois, pois só assim ele será pleno. É preciso conhecer o outro o suficiente para saber como agradá-lo para que ele dê o seu melhor. É preciso ter intimidade a ponto de tudo ser aceito, mas nada que constranja. Sexo pede liberdade de falar o que se sente no corpo e n'alma. De pedir o que se quer, de negar o que não se quer, sem que o outro se sinta preterido. Sexo é, para mim, a melhor forma de realização pessoal, mais que cargos ou honrarias. Aumenta a autoestima - dizem tantos especialistas, como se já não soubessemos - que muitos de nós escamoteamos tendo coisas. Sexo é muito mais que simples prazer - que tenho, na bocada do sorvete, na frase do livro, na cena do filme. Mostra ao outro tudo o que ele é para nós. Mostra ao outro tudo o que somos para ele. Mostra, enfim, quem somos, ali, nus, frente ao outro e a nós mesmos.
Sexo nos completa, apimenta, complementa, deixa-nos mais atentos à vida. Deixa a vida mais saborosa. O dia fica mais suave, o céu mais bonito, o olhar mais brilhante, o sorriso mais fácil, o carinho mais sincero. Dizem que faz bem para a pele; o Ministro, para a saúde. Eu digo que faz bem para a alma. Por isso chamo de amor.

Um comentário:

  1. ADOREI!!!!
    Sexo nos completa, apimenta, complementa, deixa-nos mais atentos à vida. Deixa a vida mais saborosa. O dia fica mais suave, o céu mais bonito, o olhar mais brilhante, o sorriso mais fácil, o carinho mais sincero. Dizem que faz bem para a pele; o Ministro, para a saúde. Eu digo que faz bem para a alma. Por isso chamo de amor.
    Bj

    Ma!

    ResponderExcluir