domingo, 25 de setembro de 2011

Apostando


Fiz um texto em minha revista , quase um desabafo, de que ando cansada de gurus. No caso do texto, gurus da moda. Mas ando cansada de todos, gurus famosos ou gurus do travesseiro ao lado - esse que fazem m...da própria vida, mas acham que podem ditar as regras da minha.
Ando cansada de palpiteiros de toda ordem. Acho que meu cansaço é acumulado, e vem de longe. Desde os tempos de terapeutas para meu filho - mas que não tinham filhos. Ou de terapeutas para mim, quando quis me entender como mulher, mas que eram eles homens.  Dos que me tentar dizer como devo agir com minha vida, e não agem com as suas. Dos que me chamam a atenção sobre meus erros de conduta, se não vêem os seus. Dos que me pregam na cruz da vida, ser ver que eles mesmos carregam as suas de tão longa data que já se acostumaram. Que vem me falar de relacionamento, se eles mesmos não os têm, nem consigo mesmo. Estou cansada que me ditem regras, que me dêem mapas, receitas quaisquer. Que me chamem a atenção de meus erros, estando eles tão inseridos nos seus que nem mais notam. Que me dêem um GPS, se nem saber onde quero chegar. Sem nem saber que prefiro os caminhos diferentes, pequenos, atalhos de vier. Caminhos estranhos e desconhecidos -   para alguns, mas não para mim -  e neles muita riqueza . Que detesto as grandes avenidas sinalizadas, as filas de carros atrasando minha chegada que será, cedo ou tarde - se é que tarde existe para mim - aonde quero chegar.
Somos bons com os outros. Belos conselheiros. Temos uma visão mais limpa quando não se trata de nós. Mas uma coisa é a conversa descompromissada, amiga, desinteressada  a não ser em abrir caminhos. Sincera, sem interesses escusos, de troca e não de mão única, nem de inveja ou despeito. Aberta, sem segundas terceiras ou quartas intenções. Disso de faz o caminhar: ajudando a tirar as pedras , não para atirar , mas deixando flores, aos moldes de Coralina. Sair de um lugar, sim, mas deixando ele bem melhor do que estava, nem que seja um coração. Deixando o perfume bom da sensatez por onde se passa. Como quem arruma o quarto de hóspedes depois de uma visita...
E sim, escuto minha amiga Mon - que devia se chamar moon, dada a sua luz própria e incansável. Achar minha força interior, redescobrir quem sou. Sem que para isso tenha que abrir livros ou escutar ladainhas de quem se diz adulto e centrado. Ser adulto é chato; ser centrado, intediante. Prefiro meus caminhos de menina desvairada: são bem mais interessantes de se viver! Apostando só em mim e em minhas crenças interiores - sejam elas sensatas ou não.

E roubo uma frase postada por uma amiga virtual que mora dentro de meu coração real - e até o nome é puro deleite, Elenara - que diz que

" Insensatezes são belezas que nos saem de dentro e por vezes são o que melhor nos acontece"...

Mulheres, sempre nós mulheres, a nos dizer as melhores verdades...

2 comentários:

  1. Contadoras de histórias, nossas, de outras mulheres, de nossas mães e filhas, somos repositórios de vidas e esperanças. Abnegadas, cordatas, eficientes, inteligentes, somos a resposta de muitas indagações, a salvação de muitos problemas, a que resolve, a que socorre. Mesmo a custa de nossa força interna, de nossa seiva vital. Nosso grito interno que uiva, que grita e nos chama de volta ao lar ancestral que nos liga à lua, que nos faz sangrar em suor, sangue e lágrimas, força úmida que borbulha em nossas veias. Somos fé e colo, somos agasalho e abraço. Somos aconchego de carências alheias e respiramos fundo a nossa própria. Somos mulheres que gritam, mesmo que sem voz, que suspiram sonhos que jamais compartilharão, que são animal e instinto. Somos gente.
    E para que nunca fiquemos muito longe de nosso bando, convém não esquecer das normas gerais para a vida dos lobos.
    COMA
    DESCANSE
    PERAMBULE NOS INTERVALOS
    SEJA LEAL
    AME OS FILHOS
    QUEIXE-SE AO LUAR
    APURE OS OUVIDOS
    CUIDE DOS OSSOS
    FAÇA AMOR
    UIVE SEMPRE

    : (Mulheres Que Correm Com Os Lobos - Clarice Pinkola Estés)
    Escrevi isso algum tempo atrás...achei que gostarias de ler.
    Beijos
    Elenara

    ResponderExcluir
  2. Você, decididamente, é uma mulher única! Lindíssima por dentro e por fora, e sorte, muita sorte, de quem vive ao teu lado, seja por um momento ou muitos. Um perigo a toda sanidade edificada! Porque se quer mais, sempre mais. Ópio. Sonho com o vício.

    ResponderExcluir